• banner_marcelo_jabuti_2017_b
  • banner_hector_benoit
  • banner_gustavo_bernardo_2
  • banner_annablume_novo_endereco_2
Do Arouche aos Jardins

do_arouche

Do Arouche aos jardins: uma gíria da diversidade sexual
Nilton Tadeu Alonso
Formato: 14x21 cm, 186 páginas
ISBN 978-85-7419-949-8


Esta obra é o resultado de um levantamento e de uma análise da gíria usada pelos falantes da diversidade sexual que frequentam a noite paulistana e que se concentram nas regiões dos Jardins e do Centro.
A crescente evidência que o segmento da diversidade sexual vem conquistando na sociedade de São Paulo, como podem corroborar as próprias Paradas do Orgulho GLBT (Gays, Lésbicas, Bissexuais e Transgêneros), e a ausência de um registro linguístico do vocabulário gírio nos limites temporais e geográficos descritos também justificam o interesse pelo tema.
Numa perspectiva sociolinguística, este estudo apresenta um glossário de termos gírios e propõe reflexões acerca dos usos e dos sentidos desses termos. Ao empregarem a gíria como signo de grupo, como forma linguística criptológica, defensiva e excludente, caracterizada, muitas vezes, pelo sarcasmo, pela ironia e pela irreverência, os falantes que compõem o grupo da diversidade sexual a utilizam como um dos modos de se mostrar e de afirmar a identidade própria de seus membros.
O emprego da gíria também contribui para evidenciar determinados comportamentos particulares do grupo que, simultaneamente, ao buscar se defender de eventuais agressões e discriminações, tenta se impor a uma sociedade majoritariamente heterossexual, para que possa viver em condições igualitárias e pacíficas de cidadania.

 

Compre aqui

 
^ Top ^