Annablume Editora
BOX_HEADING_LOGIN_BOX
Seja Bem Vindo(a)!

Faça seu login
Cadastre-se

 
 
 
HomeSite
Busca Rápida
Suas Compras   Meu Carrinho 0 Iten(s):
Fabricantes
Fabricantes
Categorias
Categorias
        -Arquitetura, Urbanismo e Políticas Urbanas
        -Biblioteca Flusseriana
        -Corpo, Sexualidades e Políticas da Multidão
        -Cultura Tecnológica e Redes Digitais
        -Geografia e Temas Socioambientais
        -Sociologia
        -Todas as Coleções
        -Todos os Temas
        Artes
        Outros Temas
        Revistas
Promoção
Especiais mais
Código florestal e compensação de reserva legal : ambiente polít
Código florestal e compensação de reserva legal : ambiente polít
De: R$ 69,80
  Por: R$ 69,80
Economia de R$ 0,00
Veja mais promoções
Novidades
Novidades mais
Mobilidade precária na metrópole de São Paulo
Mobilidade precária na metrópole de São Paulo
R$ 86,50
R$ 86,50
Veja mais novidades
O romance do horto
O romance do horto
Código do Produto: 14x23
De: R$ 94,00
Por: R$ 70,50
Economia de R$ 23,50
 

O romance do horto: ou de como D. Tadeu Laras Menestrel ajudou D. Alberto Raposo Monge a encontrar o autor do Orto do Esposo, bem como seu manuscrito original perdido e a identidade da Irmã que lho encomendara.
Antonio Marcos Gonçalves Pimentel
Formato 14x23 cm, 438 páginas
ISBN 978-85-391-0565-6

O Romance do Horto é um livro que, contrariando o próprio fato de estar pronto e acabado em suas mãos, leitor, não existe, pode assegurá-lo seu autor, ou autores. Abri-lo no início não significará ler sua primeira página, assim como terminá-lo não significará ter chegado a seu fim. Este é um livro ainda por ser escrito, apesar de conter, em sua narrativa, referências a outras obras que falam sobre ele. — D. Tadeu Laras, Fabulator.

Assim é a literatura medieval recriada pela narrativa metaficcional de António Corvo, uma construção de textos e intertextos a que estão inevitavelmente destinados os leitores que se aventurarem pela labiríntica leitura dO Romance do Horto, um quebra-cabeças literário que não deve ser montado, ou melhor, não pode ser completado, e nisso está sua beleza. — AMGP
 
Newsletter
Ofertas e promoções exclusivas por e-mail