Annablume Editora
BOX_HEADING_LOGIN_BOX
Seja Bem Vindo(a)!

Faça seu login
Cadastre-se

 
 
 
HomeSite
Busca Rápida
Suas Compras   Meu Carrinho 0 Iten(s):
Fabricantes
Fabricantes
Categorias
Categorias
        -Arquitetura, Urbanismo e Políticas Urbanas
        -Biblioteca Flusseriana
        -Corpo, Sexualidades e Políticas da Multidão
        -Cultura Tecnológica e Redes Digitais
        -Geografia e Temas Socioambientais
        -Sociologia
        -Todas as Coleções
          - Archai
          - Atopos
          - Cidadania e Meio Ambiente
          - Classica Digitalia Brasil
          - Crítica Contemporânea
          - Filosofia e Linguagem
          - Geografia e Adjacências
          - História e Arqueologia em Movimento
          - Leituras do Corpo
          - Palavra e Conhecimento
          - Políticas da Multidão
          - Queer
          - Sentido e Significação
          - Trabalho e Contemporaneidade
          - Ato Psicanalítico
          - Estudos & Fontes
          - Olhares
        -Todos os Temas
        Artes
        Outros Temas
        Revistas
Promoção
Especiais mais
Vilanova Artigas : projetos residenciais não construídos
Vilanova Artigas : projetos residenciais não construídos
De: R$ 60,00
  Por: R$ 60,00
Economia de R$ 0,00
Veja mais promoções
Novidades
Novidades mais
Vilanova Artigas : projetos residenciais não construídos
Vilanova Artigas : projetos residenciais não construídos
R$ 60,00
R$ 60,00
Veja mais novidades
Por que renda básica?
Por que renda básica?
Código do Produto: 14x21
De: R$ 40,00
Por: R$ 30,00
Economia de R$ 10,00
 

Por que renda básica?
Josué Pereira da Silva
Formato 14x21 cm, 200 páginas
ISBN 978-85-391-0624-0

Um dos principais objetivos da renda básica é garantir à população uma igualdade básica. A renda básica pode responder ao problema da desigualdade social, seja quando a desigualdade resulta de uma situação de desemprego em massa, como ocorreu com alguns países europeus a partir da década de 1980, seja em situação de extrema pobreza material como ocorre em países como o Brasil. Em ambas as situações, ao garantir condições econômicas básicas independentes de participação no mercado de trabalho, a renda básica pode ser considerada um eficiente instrumento na luta pela redução das desigualdades sociais.
 
Newsletter
Ofertas e promoções exclusivas por e-mail