Annablume Editora
BOX_HEADING_LOGIN_BOX
Seja Bem Vindo(a)!

Faça seu login
Cadastre-se

 
 
 
HomeSite
Busca Rápida
Suas Compras   Meu Carrinho 0 Iten(s):
Fabricantes
Fabricantes
Categorias
Categorias
        -Arquitetura, Urbanismo e Políticas Urbanas
        -Biblioteca Flusseriana
        -Corpo, Sexualidades e Políticas da Multidão
        -Cultura Tecnológica e Redes Digitais
        -Geografia e Temas Socioambientais
        -Sociologia
        -Todas as Coleções
        -Todos os Temas
        Artes
        Outros Temas
        Revistas
Promoção
Especiais mais
A inteligência do mundo : sobre a cognição de processos globais
A inteligência do mundo : sobre a cognição de processos globais
De: R$ 45,00
  Por: R$ 36,00
Economia de R$ 9,00
Veja mais promoções
Novidades
Novidades mais
Famílias, Trabalho e Migrações
Famílias, Trabalho e Migrações
R$ 62,10
R$ 49,68
Veja mais novidades
PRECEPTIVAS ARQUITETÔNICAS
PRECEPTIVAS ARQUITETÔNICAS
Código do Produto: 16x23cm
De: R$ 68,00
Por: R$ 51,00
Economia de R$ 17,00
 

PRECEPTIVAS ARQUITETÔNICAS
Andrea Lowen; Mario D'Agostino; Ricardo Azevedo
16x23cm, 360 páginas
Isbn : 9788539107124
Preceptivas artísticas remete a um intento normativo que se enceta em tempos helênicos e que esteve
em alta voga até meados do século XIX. Os preceitos estabelecidos e admitidos pela tradição e pelo
tirocínio constituem o acervo de normas, critérios e procedimentos por meio dos quais se efetua a
distinção entre simples «coisas» e as «obras» às quais se atribui o estatuto de Arte. É, outrossim, por meio da aplicação de tais diretrizes que se reconhecem os méritos e se aquilatam o valor e as qualidades das obras de Arte.
O texto consensualmente considerado inaugural para as doutrinas arquitetônicas, desde o De Re Ædificatoria, de Leon Battista Alberti, é o tratado De Arquitetura, de Vitrúvio, datável de 27 a.C., no qual o autor remete a escritos anteriores, que ele teria consultado, mas que hoje não são conhecidos. Os exegetas e comentadores do romano reconhecem também a ascendência das diretrizes emanadas dos grandes retores, de Aristóteles a Cícero e Quintiliano, para a formulação de suas normativas.
No campo disciplinar da Arquitetura, talvez o último grande compêndio produzido sobre o assunto tenha sido a vasta Encyclopédie Methodique – Architecture, de Antoine-Chrysostome Quatremère de Quincy, cuja edição se inicia em 1788 e somente se completa em 1825. Escritos posteriores, como o Dictionnaire raisonné de l'architecture française du XIe au XVIe siècle (1856), de Eugène Viollet-le-Duc, já não mais pretendem se enquadrar nos lindes da assim dita «tradição clássica». Este é o âmbito em que se inscreve o acervo de ensaios que neste livro se apresenta.
 
Também compraram este produto
Clientes que compraram este produto, também compraram:
     Ciências sociais na gestão Mário de Andrade: contribuições de Sa   Ciências sociais na gestão Mário de Andrade: contribuições de Sa
 
Últimos Produtos Visitados
Platão e as temporalidades: a questão metodológica
Platão e as temporalidades: a questão metodológica
A VIDA COTIDIANA NA PALESTINA DO SÉCULO I NA VISÃO DE FLÁVIO JOS
A VIDA COTIDIANA NA PALESTINA DO SÉCULO I NA VISÃO DE FLÁVIO JOS
Zôhar II
Zôhar II
Sêfer Yetsirá
Sêfer Yetsirá
Newsletter
Ofertas e promoções exclusivas por e-mail