Annablume Editora
BOX_HEADING_LOGIN_BOX
Seja Bem Vindo(a)!

Faça seu login
Cadastre-se

 
 
 
HomeSite
Busca Rápida
Suas Compras   Meu Carrinho 0 Iten(s):
Fabricantes
Fabricantes
Categorias
Categorias
        -Arquitetura, Urbanismo e Políticas Urbanas
        -Biblioteca Flusseriana
        -Corpo, Sexualidades e Políticas da Multidão
        -Cultura Tecnológica e Redes Digitais
        -Geografia e Temas Socioambientais
        -Sociologia
        -Todas as Coleções
        -Todos os Temas
        Artes
        Outros Temas
        Revistas
Promoção
Especiais mais
As classes sociais no início do século XXI/
As classes sociais no início do século XXI/
De: R$ 62,10
  Por: R$ 49,68
Economia de R$ 12,42
Veja mais promoções
Novidades
Novidades mais
A inteligência do mundo : sobre a cognição de processos globais
A inteligência do mundo : sobre a cognição de processos globais
R$ 45,00
R$ 36,00
Veja mais novidades
Monumentalidade e sombra: o centro cívico de Brasília por Marcel
Monumentalidade e sombra: o centro cívico de Brasília por Marcel
Código do Produto: 16x23cm
De: R$ 60,00
Por: R$ 60,00
Economia de R$ 0,00
 
Acessar a Cia. dos Livros

Monumentalidade e sombra: o centro cívico de Brasília por Marcel Gautherot
HeloisaEspada
Formato: 16x23cm, 174 páginas
ISBN: 978-85-391-0691-2

Em Monumentalidade e sombra: o centro cívico de Brasília por Marcel Gautherot – pesquisa contemplada com o Prêmio CAPES de Teses, área Artes/Música 2012 –, Heloisa Espada tece relações entre soluções formais e construções históricas e ideológicas em torno da criação da nova capital, descortinando as diversas camadas de significados políticos e simbólicos das fotos de Gautherot. A partir da formação do artista junto ao Purismo de Le Corbusier e de suas relações pessoais constituídas no Brasil, a autora mostra como sua obra se relaciona com as ideias de Lucio Costa e Oscar Niemeyer em torno do sentido monumental da capital.

Por outro lado, ao enfocar a presença marcante de sombras e de espaços vazios nas fotos de Gautherot, o livro aborda as ambiguidades de suas imagens, em sintonia, por vezes, com o teor melancólico de narrativas literárias e críticas sobre a “capital da esperança”. Além disso, analisa também como as formas de circulação da obra de Gautherot incidem sobre seus significados. As discussões aqui expostas revelam, sobretudo, a complexidade de uma das representações mais contundentes e emblemáticas do Brasil moderno.
 
Newsletter
Ofertas e promoções exclusivas por e-mail